Seja bem-vindo! Hoje é

PAEI incluiu o índio no ensino superior

Em dez anos a UNIGRAN graduou 52 acadêmicos indígenas, por meio de um projeto inclusivo e inovador. A real dimensão desse número se releva na comparação: até o ano de 2000, praticamente não havia índios brasileiros formados no ensino superior. A exclusão do índio , mais de um século fora da universidade, mudou em Dourados, a partir das ações afirmativas empreendidas pela UNIGRAN.
Em convênio com a Funai, a Instituição criou o Programa de Apoio do Estudante Indígena (PAEI), oferecendo cem bolsas de estudos integrais para os índios aprovados em vestibular. O PAEI possibilitou a formação de administradores, pedagogos, psicólogos e vários outors profissionais, inclusive, o primeiro advogado índio do país.
O terena Wilson Matos da Silva ingressou no curso de Direito em 1999 e formou-se em 2003. Hoje, ele é o presidente da Comissão Especial de Assuntos Indígenas, da OAB-MS. Outro bacharel índio, graduado no ano seguinte, faz mestrado na Universidade Federal do Pará. Essas e várias outras conquistas ajudaram a mudar o ambiente nas Aldeias do minicípio.
Com perspectivas de acesso a uma faculdade, diminui a evasão escolar na educaão básica, por exemplo, e aumentou a mobilização da comunidade por uma escola de ensino médio perto de casa. "Antes, a escola atendia a eles fora da aldeia, tinha problema de transporte, e isso dificultava muito ", conta Neide Ferranti, diretora da Escola Guateka, instalada em condições ainda precárias na Aldeia.
Ela reconhece a importância do papel da UNIGRAN, na evolução social das comunidades indígenas, e do acesso do índio ao ensino superior. Assim, a comunidade pode ter representantes qualificados par tratar de suas questões, em pé de igualdades em debates nas diferentes instâncias de governo e da sociedade, como diz o professor guarani Aguilera de Sousa, 33.
" Defendo muito essa parceria, UNIGRAN/FUNAI, daí saem pessoas com condições de debater questões se saúde, educação, questões da terra", disse o pedagogo. Graduado com bolsa do PAEI, em 2005, e pós-graduado também na UNIGRAN, atualmente Aguilera ocupa os cargos de coordenador de Educação, da prefeitura de Dourados, e é docente da Faculdade de Educação da UNIGRAN.
O PAEI- modelo seguido por outras instituições do país, a partir de 2002-foi elaborado juntocom as lideraças indígenas que representando suas comunidades-reclamavam para seus filhos as oportunidades que tem os vizinhos da cidade.
Neste ano existem 31 alunos indígenas que estudam na UNIGRAN com bolsas integrais do PAEI




Indígenas apoiados pelo convênio UNIGRAN/FUNAI
Início do Paei 1999 Engressos 2002-2008 / Matriculados 2009
Direito 4 / 2
Administração 5 / -
Biomedicina 3 / 1
Pedagogia 16 / 5
Letras 1 / -
Ed. Física 4 / 5
Contábeis 2 / 1
Biológicas 1 / 1
Psicologia 1 / 1
Fisioterapia 2 / -
Enfermagem 7 / 10
Serv.Social 1 / 2
Computação 1 / -
Matemática 1 / 1
Nutrição - / 2
Med.Veterinária - / 1
Totais 52 / 31
Fonte: Jornal Indígena publicação especial